Santa Casa de Misericordia

HUMANIZAÇÃO – PROGRAMA NACIONAL DE HUMANIZAÇÃO DA ASSISTÊNICA HOSPITALAR ( PNHAH)



O Programa Nacional de Humanização da Assistência Hospitalar do Ministério da Saúde (PNHAH), elaborado em 2001, tem como objetivo fundamental aprimorar as relações entre profissional de saúde e usuário, dos profissionais entre si e do hospital com a comunidade, (BRASIL/PNHAH, 2001). Para o PNHAH:

(...) humanizar em saúde é resgatar o respeito à vida humana, levando-se em conta as circunstâncias sociais, éticas, educacionais e psíquicas presentes em todo relacionamento humano [...] é resgatar a importância dos aspectos emocionais, indissociáveis dos aspectos físicos na intervenção em saúde (BRASIL/PNH, 2001, p. 33).

Neste sentido, a proposta de humanização da assistência à saúde é um valor para a conquista de uma melhor qualidade de atendimento à saúde do usuário e de melhores condições de trabalho para os profissionais.

HUMANIZAÇÃO: SANTA CASA DE NOVO HORIZONTE / SP



O Programa de Humanização da Santa Casa de Novo Horizonte iniciou-se após a grande necessidade de vencer um desafio, de receber o cliente/paciente com qualidade de atendimento à saúde pública aliada à valorização do profissional da área. Movimentou todo um grupo promovendo cursos de capacitação para melhoria nas relações interpessoais das equipes multiprofissionais e também da melhoria da qualidade na atenção dos usuários, contemplando-os nas dimensões éticas, técnicas e psicossocial.

O programa esta sob a coordenação da enfermeira responsável técnica Janaina Tristão Garcia e a enfermeira Alessandra Patrícia morandi Golveia, tendo como objetivo, um grupo de trabalho que fortaleça e amplie as ações humanizadoras no hospital, Trabalhando mais o diálogo entre profissionais da área e de apoio, democratização das relações de trabalho e interpessoais voltadas para uma atenção acolhedora, resolutiva e humana.

Algumas das principais medidas do Programa está a ampliação do horário de visita, a visita do irmãozinho e o acolhimento com classificação de risco no Pronto Socorro.

BRINQUEDOTECA HOSPITALAR



O Hospital possui uma Brinquedoteca ao qual vai de encontro à lei nº. 11.104 de 21 de março de 2005, que dispõe sobre a obrigatoriedade de instalação de brinquedotecas nas unidades de saúde que ofereçam atendimento pediátrico em regime de internação. Dessa forma, definitivamente os direitos das crianças hospitalizadas através do ato espontâneo e criativo de brincar. Proporcionarmos a amenização das possíveis angústias, medos e ansiedades oriundos da doença e do processo de internação e assim promovemos uma melhoria na qualidade do atendimento, bem como uma maior eficácia no processo de cura e adesão ao tratamento.

A compreensão de que o hospital deve ser abordado em um cenário global, como um todo, em suas múltiplas facetas e visões que englobam seus principais clientes, os pacientes e a equipe de saúde proporcionam a manutenção do bem-estar físico, social e mental a esta comunidade. Assim, reconhecer as necessidades deste intrigante cenário é um passo importante rumo à adequada prática do acolhimento e da humanização.

 Documento sem título
 

História
Palavra do Provedor
Mesa Administrativa
Equipe
Médicos
Administrativo

Especialidades
Horários de Visita
Convênios
Humanização
Notícias
Nota Fiscal

Comissões
Localização
Trabalhe Conosco
Fale Conosco

©Copyright - By Santa Casa de Misericórdia de Novo Horizonte - Todos os direitos reservados Desenvolvimento